Jesus é Deus?


jesus e deus

Quase todas as religiões cristãs ensinam que Jesus é Deus, e sempre com base em passagens como as seguintes:

"No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus" (Almeida Corrigida e Fiel; João 1,1).

"Aguardando a nossa bendita esperança: a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador, Cristo Jesus" (Bíblia de Jerusalém; Tito 2,13).

Outras passagens similares se encontram em: João 20,27-28; Romanos 9,5; Isaías 9,5. De fato, todas essas passagens chamam Jesus de Deus. No entanto, elas não estão querendo dizer que Jesus seja o Deus Todo-Poderoso.

Algumas pessoas são chamadas de deuses na Bíblia porque elas possuem atributos divinos, como poder, direito de julgar, direito de condenar etc. É nesse sentido que aquelas passagens chamam Jesus de Deus. Ou seja, elas simplesmente querem dizer que Jesus é como Deus, afinal é poderoso (Mateus 28,18), pode perdoar pecados (Lucas 5,20; 7,48), pode ser adorado (João 9,38; Mateus 28,17). Não foi só Jesus que foi chamado de Deus na Bíblia, veja:

"O teu trono, ó Deus, subsiste para todo o sempre; cetro de justiça é o cetro do teu reino. Amas a justiça e odeias a iniquidade; por isso Deus, o teu Deus, escolheu-te dentre os teus companheiros ungindo-te com óleo de alegria" (Nova Versão Internacional; Salmos 45,6-7. Salmo de elogio a um rei de Israel).

"Eu disse: Vós sois deuses, e todos vós filhos do Altíssimo. Todavia morrereis como homens, e caireis como qualquer dos príncipes" (Almeida Corrigida e Fiel; Salmos 82,6-7. Salmo dirigido aos juízes injustos).

"Naquele dia, Iahweh protegerá o habitante de Jerusalém; naquele dia, até o que tropeça entre eles será como Davi, a casa de Davi será como Deus, como o anjo de Iahweh diante deles" (Bíblia de Jerusalém; Zacarias 12,8).

"Arão falará ao povo em seu lugar. Ele será o seu representante e falará ao povo por você. E você será como Deus para ele, explicando o que ele deve dizer" (Nova Tradução na Linguagem de Hoje; Êxodo 4,16). 

"Javé disse a Moisés: 'Veja! Eu faço você como um deus para o Faraó, e seu irmão Aarão será seu profeta" (Bíblia Pastoral; Êxodo 7,1).

O próprio diabo, por causa de seu poder sobre o mundo (Lucas 4,5-7), também foi chamado de Deus, veja:

"Portanto, se o nosso Evangelho continua obscuro, está obscuro para aqueles que se perdem, para os incrédulos, cuja inteligência o deus deste mundo obscureceu a fim de que não vejam brilhar a luz do Evangelho da glória de Cristo, de Cristo que é a imagem de Deus" (Bíblia Pastoral; 2 Coríntios 4,4).

Mas muitos alegam que Jesus é Deus porque ele disse: "Eu e o Pai somos um" (João 10,30). Ora, esse é um grande erro de interpretação. O próprio Jesus pediu ao Pai que os discípulos e todos os outros cristãos também fossem um, assim como ele e o Pai são um (João 17,20-22). Ou seja, na visão de Jesus, "ser um" não significa ser a mesma pessoa, mas significa apenas ter os mesmos pensamentos, os mesmos ideais. Portanto, quando Jesus disse que ele e o Pai são um, ele simplesmente quis dizer que ele e o Pai têm os mesmos pensamentos e ideais.

Outra passagem bastante usada para apoiar a doutrina de que Jesus e o Pai são a mesma pessoa é a seguinte:

"Disse Filipe: 'Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta'. Jesus respondeu: 'Você não me conhece, Filipe, mesmo depois de eu ter estado com vocês durante tanto tempo? Quem me vê, vê o Pai. Como você pode dizer: ‘Mostra-nos o Pai’?" (Nova Versão Internacional; João 14,8-9).

Nessa passagem Jesus não afirmou ser o próprio Pai, ele só disse que quem o vê, vê o Pai. E é verdade, pois o Espírito Santo do Pai estava habitando em Jesus, realizando obras extraordinárias por meio dele (João 14,10-11; Colossenses 2,9). Portanto, quem via Jesus agindo, via o próprio Pai agindo.


Jesus não pode ser o Pai também pelos seguintes motivos:

- Jesus afirmou que o Pai é maior do que ele (João 14,28).
- Jesus afirmou que o Pai era seu Deus (João 20,17).
- O apóstolo Paulo deixou claro em 1 Coríntios 11,3 que Deus está acima de Jesus.
- O apóstolo Paulo disse claramente que "há um só Deus, o Pai" (1 Coríntios 8,6). Como Jesus não é o Pai, ele não pode ser Deus. Só essa passagem já deveria ser suficiente para acabar com essa doutrina de que Jesus é Deus.

Outro detalhe importante é que Jesus nunca afirmou ser Deus. Mas muitos alegam que em João 8,24.28.58 ele afirmou ser Deus ao dizer "Eu Sou". Acontece que o próprio Jesus deu a entender que ao dizer "Eu Sou", ele simplesmente quis dizer que Ele Era quem ele sempre alegava ser, isto é, o Filho de Deus. Veja:

"Eu lhes disse que vocês morrerão em seus pecados. Se vocês não crerem que Eu Sou, de fato morrerão em seus pecados'. 'Quem é você? ', perguntaram eles. 'Exatamente o que tenho dito o tempo todo', respondeu Jesus" (Nova Versão Internacional; João 8,24-25).

É importante lembrar que, embora Jesus não seja o Deus Pai, ele é a pessoa mais importante que existe após o Pai. É somente através dele que temos acesso ao Pai (João 14,6); é somente tendo fé nele e cumprindo os mandamentos de Deus que iremos para o paraíso (Marcos 16,15-16; Mateus 7,21; Apocalipse 14,12); e é ele quem reinará com Deus no novo mundo (Efésios 5,5). Mas o apóstolo Paulo nos informa que quando Jesus completar sua missão como rei, ele entregará o reino nas mãos do Pai, e Deus reinará sobre tudo e sobre todos novamente e para sempre (1 Coríntios 15,24-28).

E você? Já sabia que Jesus não é o Deus Todo-Poderoso? Deixe seu comentário abaixo. Terei prazer em respondê-lo.

Insira seu e-mail abaixo para receber os novos artigos! Para ativar sua inscrição, você precisará inserir o código que aparecerá na sua tela e depois clicar no link que será enviado para seu e-mail.

Comentários

  1. João 1:1-3, 14 ARC

    ¶ No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.

    Como as Escrituras dizem, Jesus com certeza é Deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E as outras pessoas que também foram chamadas de Deus como eu mostrei? Elas também são Deus?

      Excluir
    2. Bruno, Jesus é uma pessoa da santa trindade, nosso Deus é um Deus trino, ou seja, ele é formado de Deus Pai, Deus filho e Deus Espírito, assim como o Bruno é formado de corpo, alma e espírito. Sendo ainda a mesma pessoa!

      Excluir
    3. Olá Guilherme, eu sei que é difícil largar essa doutrina antibíblica da trindade, já que quase todos os cristãos acreditam nela. Mas o fato ė que na verdade o Espírito Santo é o próprio Deus Pai, e não uma outra pessoa, como você pode ver no meu outro artigo que deixei no final dessa postagem. E Jesus é simplesmente o Filho de Deus Pai, menor que o Pai, e obediente a ele, como mostrei nesse artigo.

      Excluir
    4. Bruno por favor me explique então de quem João está falando em jo1:1-17?

      Excluir
    5. Então Guilherme, este texto está falando de Jesus, e como já expliquei, Jesus foi chamado de Deus nessa passagem porque ele possui atributos divinos, ele é como Deus. Isso se chama hipérbole. Lembre-se: um rei de Israel também foi chamado de Deus em Salmos 45,6-7. Juízes injustos também foram chamados de Deus em Salmos 82,6-7 etc.

      Excluir
    6. Jo 14:16-17. Será esse outro conselheiro é o próprio Pai e não o Espírito Santo?
      Não recebi o link que você citou.

      Excluir
    7. Esse conselheiro que o Pai disse que iria enviar é o próprio Pai em espírito. Assim como Deus enviava o seu anjo, o anjo de Javé, em ocasiões especiais no velho testamento, e os textos davam a entender claramente que esse anjo era o próprio Deus Pai.

      Excluir
  2. Bruno as passagens que vc citou não são claras o suficiente em relação ao tema, mas tenho uma dúvida: Qual a diferença entre Jesus ser o filho e o próprio Deus? Sendo que ambos tem o mesmo objetivo que é a salvação? Como disse anteriormente existe Deus Pai, Deus filho e Deus Espírito Santo, assim como o homem é formado de corpo, alma e espírito. A imagem e semelhança de Deus. Na sua visão Jesus não sendo Deus, o que isso significa em termos práticos? Se em João diz que Ele era Deus categoricamente, Ele é Deus filho, simplesmente assim ou complicadante para alguns assim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Guilherme, para encerrar essa discussão sobre a trindade, vou tentar esclarecer mais ainda: a Bíblia é clara em afirmar que Deus é um só, e não três (Deuteronômio 6,4). Até Jesus reconheceu isso citando essa passagem. O Pai e o Filho não são a mesma pessoa, pois o Filho orava ao Pai, era obediente ao Pai, dizia que o Pai era seu Deus, dizia que o Pai é maior do que ele etc. O apóstolo Paulo disse claramente que "há um só Deus, o Pai" (1 Coríntios 8,6). Como Jesus não é o Pai, ele não pode ser Deus. Se ele fosse Deus, não haveria um só Deus, mas sim dois deuses, o Deus Pai e o Deus Filho. Essa doutrina da trindade é totalmente contraditória, grave e abominável, pois faz com que a grande maioria dos cristãos pratiquem o gravíssimo pecado da idolatria, considerando um ser inferior a Deus como sendo o próprio Deus ou parte dele.

      Excluir
  3. Se entendi bem vc está dizendo que Jesus é este ser inferior. Pois bem, qual o objetivo de Jesus? Então quem é Jesus? Qual a relação você entre nosso corpo, alma e espírito e Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Guilherme, Jesus é inferior a Deus Pai, ele mesmo disse isso. O objetivo de Jesus é ser o cordeiro de Deus para tirar o pecado do mundo. Jesus é o Filho de Deus, o Messias. Não há nenhuma relação entre nosso corpo, alma e espírito com a doutrina herética da trindade, isso é uma outra invenção daqueles que defendem essa doutrina para tentar explicar a trindade. Guilherme, a partir de agora não responderei mais seus comentários aqui nessa página, para não ficar uma discussão muito longa nessa página do artigo. Se quiser continuar discutindo esse assunto, mande um email para bruno@ensinamentosdabiblia.com e lhe responderei com prazer. Que Deus abençoe você e sua família.

      Excluir

Postar um comentário



Os autores dos comentários são os responsáveis por suas opiniões, e elas não representam necessariamente a opinião deste blog. Não serão publicados comentários que:

- contenham argumentos que já foram desmentidos no artigo.
- contenham trechos copiados de outros sites.
- não tenham relação com o artigo.
- sejam incompreensíveis.
- contenham palavrões, xingamentos ou blasfêmias contra Deus.

Se quiser fazer uma pergunta ou comentário sobre outro assunto, acesse o menu no topo da página.

Postagens mais visitadas deste blog

Deus castiga?

É pecado comer carne de porco?

A Lei do Velho Testamento foi abolida?