O pecado do adultério no pensamento


homens olhando com desejo sexual para uma mulher

O pecado do adultério começa na mente. Primeiro surge o desejo, e depois, se a pessoa não resiste a ele, o ato é concretizado. Mas poucos sabem que o simples ato de uma pessoa se imaginar cometendo adultério, mesmo que ela não concretize o ato, faz com que ela se torne adúltera.

Quem nos ensinou isso foi Jesus, veja:

"Vocês ouviram o que foi dito: 'Não adulterarás'. Mas eu lhes digo: qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração" (Nova Versão Internacional; Mateus 5,27-28).

O adultério no pensamento acontece quando uma pessoa casada olha com desejo sexual para qualquer pessoa que não seja seu cônjuge, ou também quando uma pessoa solteira olha com desejo sexual para uma pessoa casada. É importante ressaltar que a pessoa solteira que olha com desejo sexual para alguém que também é solteiro não está cometendo adultério no pensamento, pois nesse caso ela não está se envolvendo com alguém casado.

Todos os dias diversas pessoas ao redor do mundo cometem o adultério no pensamento. E para piorar a situação, há muitas pessoas que adoram se vestir e se comportar de maneira sensual, o que colabora ainda mais com o aumento desse pecado.

É lógico que as consequências desse tipo de adultério não são as mesmas daquele em que a pessoa é descoberta por seu cônjuge, o que envolve muitas vezes a separação do casal, sofrimento de ambas as partes, principalmente de quem foi traído.

Por outro lado, o adultério no pensamento é tão grave quanto aquele em que a pessoa concretizou o ato e a pessoa traída nunca ficou sabendo, pois em ambas as situações o traidor faltou com a fidelidade e o respeito para com seu cônjuge e cometeu algo detestável aos olhos de Deus.

Mesmo assim, muitos casados que cometem esse tipo de adultério acham que não estão pecando ao fazer isso. Para estes eu proponho o seguinte desafio: conte para seu cônjuge que você desejou ter relações sexuais com uma certa pessoa e que você gostou muito de imaginar a cena. Pode ter certeza que seu cônjuge vai se sentir tão traído quanto se você tivesse concretizado o ato.

E para os homens solteiros que também cometem esse tipo de adultério eu proponho o seguinte desafio: vá até o marido de uma mulher que você desejou e conte a ele que você desejou a mulher dele sexualmente. É bem provável que você vá apanhar, ser xingado ou até mesmo morrer. O mesmo desafio eu proponho para as mulheres solteiras que também cometem adultério no pensamento.

Esses desafios que eu propus servem para ilustrar a maldade envolvida nesse tipo de adultério. Servem para que a pessoa que comete esse tipo de pecado perceba que ela está fazendo algo que traria muita decepção e tristeza a certas pessoas, caso elas soubessem.

No entanto, mesmo que a pessoa traída nunca fique sabendo, Deus sempre fica sabendo de tudo. As pessoas que cometem esse pecado serão culpadas de adultério perante Deus, e no dia do julgamento final elas terão que responder por isso e cumprir a sentença que Deus der a elas.

E você? Já conhecia o pecado do adultério no pensamento? Deixe seu comentário abaixo. Terei prazer em respondê-lo.

Insira seu e-mail abaixo para receber os novos artigos! Para ativar sua inscrição, você precisará inserir o código que aparecerá na sua tela e depois clicar no link que será enviado para seu e-mail.

Comentários

  1. Eu adorei seu artigo realmente vc explicou muito bem sobre esses assuntos,mas vc acha que as mulheres não devem usar vestidos curtos,short e minissaia tem algum versículo na bíblia proibindo?Obrigada pela atenção,Larissa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você tenha gostado deste artigo Larissa. Então, a Bíblia diz que as mulheres devem se vestir com traje modesto, com decência e discrição, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos caros, conforme 1 Timóteo 2,9-10; 1 Pedro 3,3-5.

      Excluir

Postar um comentário



Os autores dos comentários são os responsáveis por suas opiniões, e elas não representam necessariamente a opinião deste blog. Não serão publicados comentários que:

- contenham argumentos que já foram desmentidos no artigo.
- contenham trechos copiados de outros sites.
- não tenham relação com o artigo.
- sejam incompreensíveis.
- contenham palavrões, xingamentos ou blasfêmias contra Deus.

Se quiser fazer uma pergunta ou comentário sobre outro assunto, acesse o menu no topo da página.

Postagens mais visitadas deste blog

Deus castiga?

É pecado comer carne de porco?

A Lei do Velho Testamento foi abolida?