Pular para o conteúdo principal

Fazer sexo antes do casamento é pecado, mas existe uma exceção



Muitos jovens cristãos vivem um dilema sobre sexo antes do casamento. Muitos deles sofrem pressão dos amigos e até mesmo de familiares para perderem a virgindade. Alguns acabam caindo na tentação, enquanto outros decidem permanecer puros até o dia do casamento. Outros passam anos namorando porque não conseguem ou não querem se casar. Mas o que será que a Bíblia diz sobre esse assunto?

A Bíblia fala muito pouco sobre sexo antes do casamento. Mas por que será? Talvez seja porque os homens judeus, que eram o público-alvo dos escritores do Velho Testamento, não costumavam fazer sexo antes do casamento, pois se casavam cedo e, muitas vezes, com mais de uma mulher, e tinham uma vida sexual muito ativa. Isso pode ter tornado o sexo antes do casamento um assunto desnecessário na época.

Já os escritores do Novo Testamento escreviam para pessoas de nações onde o sexo antes do casamento era comum, mas eles também não falaram especificamente sobre o assunto. Então, como saber se é pecado fazer sexo antes do casamento?

A resposta poderia estar nos capítulos 18 e 20 do terceiro livro da Bíblia, Levítico. Nesses dois capítulos, o próprio Deus revela quais são os atos sexuais que ele não aprova. Vemos que ele proíbe o incesto, o sexo no período menstrual, o adultério, a homossexualidade e o sexo com animais.

Porém, nem nesses capítulos e nem em qualquer outro encontramos uma proibição explícita contra o sexo antes do casamento. Então, mais uma vez vem a pergunta: como saber se essa prática é ou não pecaminosa?

Existem passagens na Bíblia que dão a entender que é pecado fazer sexo antes do casamento, veja:

"[...] Gostaria que todos os homens fossem como eu; mas cada um tem o seu próprio dom da parte de Deus; um de um modo, outro de outro. Digo, porém, aos solteiros e às viúvas: é bom que permaneçam como eu. Mas, se não conseguem controlar-se, devem casar-se, pois é melhor casar-se do que ficar ardendo de desejo" (1 Coríntios 7,7-9; Nova Versão Internacional).

Aqui o apóstolo Paulo diz claramente que os cristãos solteiros e viúvos que não conseguem controlar seus desejos sexuais devem se casar. Como ele não deu a esses cristãos a opção do sexo antes do casamento, pode-se concluir que essa prática seja pecaminosa.

Agora veja as seguintes passagens:

"Ora, quanto às coisas que me escrevestes, bom seria que o homem não tocasse em mulher; mas, por causa da fornicação, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido" (1 Coríntios 7,1-2; Almeida Corrigida e Revisada Fiel).

"O matrimônio seja honrado por todos, e o leito conjugal, sem mancha; porque Deus julgará os fornicadores e os adúlteros" (Hebreus 13,4; Bíblia de Jerusalém).

Essas duas passagens exaltam o matrimônio e dão a entender que apenas os atos sexuais realizados entre pessoas casadas são aprovados por Deus. Isso dá a entender que todo ato sexual que uma pessoa realiza fora do casamento como, por exemplo, o sexo antes do casamento, deve ser considerado como um pecado.

E se a pessoa acabar caindo na tentação de fazer sexo antes do casamento?

Existe uma passagem bíblica mostrando que ainda há uma saída para os casais que caíram na tentação e acabaram fazendo sexo antes do casamento, veja:

"Se um homem seduzir uma virgem que ainda não tenha compromisso de casamento e deitar-se com ela, terá que pagar o preço do seu dote, e ela será sua mulher. Mas se o pai recusar-se a entregá-la, ainda assim o homem terá que pagar o equivalente ao dote das virgens" (Êxodo 22,16-17; Nova Versão Internacional).

Esse trecho trata da hipótese de um homem e uma jovem virgem não comprometida fazerem sexo antes do casamento. O texto não diz que isso seria pecado, e nem que o casal seria condenado a apedrejamento ou a qualquer outra punição severa. É dito apenas que o casal seria obrigado a se casar, a não ser que o pai da moça não aprovasse o casamento.

Assim, pode-se concluir que, se uma mulher e um homem caírem na tentação e acabarem fazendo sexo antes do casamento, o homem deverá pedir autorização ao pai da mulher para se casar com ela. Se o pai não autorizar, o casal deve se separar imediatamente. No entanto, a passagem de Êxodo 22,16-17 não esclarece se a mulher ficará ou não desonrada e impossibilitada de se casar com outro homem caso seu pai se recuse a ceder sua mão em casamento. Afinal, essa mulher não será mais virgem e ainda pode acabar carregando um filho desse relacionamento.

Todo esse rigor referente ao relacionamento sexual existe porque, aos olhos de Deus, quando um homem e uma mulher se relacionam sexualmente eles se tornam uma só carne. Isto é, eles estabelecem um laço muito importante perante Deus. Mas para que essa união seja aprovada perante Deus, é preciso haver uma cerimônia de casamento com a aprovação do pai da mulher.

Portanto, as pessoas que fazem sexo sem compromisso estão cometendo pecado.

Conclusão

A Bíblia indica que o sexo antes do casamento é pecado. Portanto, a melhor coisa que você pode fazer é não praticar esse ato. Mas se você cair na tentação e acabar fazendo sexo antes do casamento com uma pessoa, você deve se casar com ela. Fazendo isso, você nunca ficará preocupado se está ou não pecando, e Deus o recompensará por sua atitude.

Postagens mais visitadas deste blog

O grave pecado do sexo no período menstrual

Fazer sexo durante o período menstrual é um pecado grave. Deus instituiu uma lei proibindo essa prática, veja:
"Não se aproxime de uma mulher para se envolver sexualmente com ela quando ela estiver na impureza da sua menstruação" 
(Levítico 18:19; Nova Versão Internacional).
Deus chegou até a determinar a pena de morte para os casais que fizessem sexo durante a menstruação, veja:
"Se um homem dormir com uma mulher durante a menstruação, e tiver relações sexuais, descobrindo a fonte do sangue, os dois serão eliminados do seu povo"
(Levítico 20:18; Edição Pastoral).
Embora a pena de morte por esse pecado não seja mais aplicada da forma como era aplicada nos tempos bíblicos, Deus ainda pode aplicá-la hoje em dia por meio de doenças ou outras tragédias. Portanto, nós devemos tomar muito cuidado para não cometermos esse pecado grave.

Mesmo assim, muitos casais cristãos não veem problema algum em ter relações sexuais durante o período menstrual, inclusive vários médicos a…

Os mandamentos que devemos cumprir segundo a Bíblia

Ame a Deus com todo o seu coração, e com toda a sua alma, e com todo o seu entendimento, e com todas as suas forças (Deuteronômio 6:5; Marcos 12:28-30).Não tenha outros deuses (Êxodo 20:3; 1 João 5:21).Não faça para você alguma imagem esculpida que represente um deus. Não se prostre diante dessas imagens e nem diante do Sol, da Lua e das estrelas, e não os sirva (Êxodo 20:4-5; Deuteronômio 4:19; 1 João 5:21).Não use o nome de Deus em vão, isto é, não use o nome de Deus para fazer um falso juramento ou para mentir, pois Deus não considerará inocente aquele que usar seu nome em vão. É importante notar que o nome de Deus não é "Deus", mas sim Javé. No entanto, mesmo que você faça um falso juramento sem usar especificamente o nome de Javé, dizendo, por exemplo, "Juro por Deus que vou fazer isso" ou "Juro por Deus que isso aconteceu", e você estiver mentindo, você ainda assim seria culpado, pois você estaria se referindo a Javé. De qualquer forma, Jesus nos ac…

Deus castiga sim

Muitas pessoas acham que Deus não castiga ninguém porque ele é amor, e que tudo de ruim que acontece com as pessoas são consequências lógicas de suas más ações.
Elas explicam que muitas pessoas adquirem câncer porque fumam muito, outras adquirem várias doenças porque se alimentam mal, outras sofrem acidentes porque se arriscam desnecessariamente, ou seja, não é Deus que está castigando essas pessoas, mas elas mesmas cometem maus atos que causam essas coisas ruins a elas.
No entanto, o que essas pessoas não consideram é que o fato de Deus permitir que as pessoas sofram as consequências de suas más ações já pode ser considerado um castigo dele, pois ele poderia livrá-las dessas consequências.
Além disso, muitas coisas ruins que acontecem com as pessoas não são consequências lógicas de suas más ações. Por exemplo: uma pessoa está andando na calçada cuidadosamente quando de repente um carro desgovernado a atropela; uma pessoa está dirigindo atentamente um carro quando de repente uma árvo…