Pular para o conteúdo principal

Por que devemos ter medo de Deus?



Muitas pessoas acreditam que temer a Deus não significa ter medo dele, mas sim ter um profundo respeito e reverência por ele. Elas alegam que, como Deus é amor, não há motivo para termos medo dele. Mas será que é isso mesmo o que a Bíblia ensina?

Não. Existem várias passagens da Bíblia provando claramente que devemos sim ter medo de Deus. Veja algumas delas:

"Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno" (Mateus 10,28; Nova Versão Internacional).

Veja que conselho claro de Jesus nos orientando a não ter medo de assassinos, mas sim de Deus. Ou seja, devemos ter mais medo de Deus do que de assassinos, porque Deus pode fazer um mal muito maior a nós: ele pode destruir nosso corpo e nossa alma no inferno! É isso mesmo, Deus não fica só passando a mão amorosamente na cabeça das pessoas. Ele também pode destruí-las completamente caso elas insistam em pecar.

Alguns ainda podem insistir que nessa passagem Jesus não está nos orientando a ter medo de Deus, mas sim a ter um profundo respeito por ele devido ao seu grande poder. Acontece que essa interpretação não se encaixa corretamente na passagem, pois teríamos que interpretar o texto da seguinte maneira:

"Não tenham um profundo respeito por aqueles que matam o corpo, mas tenham um profundo respeito por aquele que pode arruinar o corpo e a alma no inferno".

Isso não faria nenhum sentido, já que em geral as pessoas não têm respeito por assassinos, mas sim medo deles. Portanto, nessa passagem Jesus está falando sobre ter medo, e não sobre ter respeito.

Enfim, se você continua acreditando que não devemos ter medo de Deus mesmo após ler essa passagem bíblica, saiba que você está discordando do próprio Jesus.

Agora veja a seguinte passagem:

"Ao Senhor dos Exércitos é que vocês devem considerar santo, a ele é que vocês devem temer, dele é que vocês devem ter pavor" (Isaías 8,13; Nova Versão Internacional).

Essa passagem diz claramente que nós devemos temer a Deus e ter pavor dele. Só falta agora alguns alegarem que pavor nesse caso também significa um profundo respeito!

Agora vamos analisar uma terceira passagem:

"É terrível cair nas mãos do Deus vivo" (Hebreus 10,31; Edição Pastoral).

E agora? Como assim é terrível cair nas mãos de Deus sendo que, segundo algumas pessoas, não devemos ter medo dele? A verdade é que essa passagem também prova que devemos ter medo de Deus e ainda reforça o conselho de Jesus: temos que ter mais medo de Deus do que de assassinos.

E agora veja essa outra passagem:

"Portanto, já que estamos recebendo um Reino inabalável, sejamos agradecidos e, assim, adoremos a Deus de modo aceitável, com reverência e temor, pois o nosso 'Deus é fogo consumidor!" (Hebreus 12,28-29; Nova Versão Internacional).

Essa é uma outra passagem que associa o temor a Deus a um medo que devemos sentir dele. O final da passagem enfatiza que devemos adorar a Deus com temor, isto é, com medo, pois ele é um fogo consumidor. Afinal, se não tivéssemos que ter medo de Deus, por que essa passagem diria que ele é um fogo consumidor?

No entanto, mesmo com todas essas passagens provando que devemos sim ter medo de Deus, alguns usam a seguinte passagem para tentar provar que não devemos ter medo de Deus:

"No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor" (1 João 4,18; Almeida Corrigida e Fiel).

Acontece que essa passagem não está se referindo ao temor a Deus que os fiéis possuem, mas sim ao temor que os infiéis sentem de ser condenados, ou seja, o temor da condenação. Os justos não têm esse tipo de medo porque eles creem que serão salvos pela sua fé e obediência, mas eles têm medo de Deus, porque eles sabem que se eles não lhe obedecerem, eles também poderão ser condenados.

Deus quer que as pessoas tenham medo de desobedecê-lo 

O próprio Deus, ao instituir os castigos que ele queria que fossem aplicados aos que desobedecessem seus mandamentos, deixou claro que esses castigos serviriam para deixar as outras pessoas com medo, e assim elas não ousariam praticar o mesmo pecado, conforme você pode conferir lendo Deuteronômio 13,7-12; 17,12-13 e 19,16-20. Portanto, quem diz que Deus não quer ser obedecido na base no medo está muito enganado.

Conclusão

Temer a Deus significa ter medo dele, ter medo de desobedecê-lo. Esse medo faz com que a gente fique sem coragem de pecar. O que algumas pessoas precisam entender é que, apesar de Deus ser amor, ele também é justiça, isto é, ele não deixa sem punição aqueles que insistem em se manter no pecado. No artigo "Deus castiga?" você pode aprender mais sobre esse assunto.

Comentários

  1. Deus pode controlar o corpo das pessoas? porque quando Jeroboão foi levantar a mão a um homem de Deus está ficou paralisada.Você tem certas teorias a partir do seu estudo bíblico sobre como Deus ditará as regras no céu antes do apocalipse quando morrermos? Quero dizer se alguém desobedecer as regras Deus vai punir de que maneira mandando a pessoa para o inferno,prender numa prisão celestial ou tirar privilégios?se você não tiver uma resposta bíblica pode dizer sua opinião ela também é importante.Obrigada pela resposta e pela sua atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Deus pode controlar o corpo de quem ele quiser, nada é impossível para ele. Sobre sua outra pergunta, a Bíblia não diz nada, mas creio que se alguém desobedecer algum mandamento lá no céu, dependendo da gravidade, Deus pode sim dar alguma punição à pessoa, mas não faço ideia sobre qual tipo de punição seria. Mas creio que no céu ninguém desobede a Deus, pois caso contrário lá não seria um lugar tão bom de se viver.

      Excluir
  2. O que significa Deus sonda os rins e os corações?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na Bíblia, os rins e o coração muitas vezes se referem de modo figurado à mente e aos sentimentos humanos. Nos tempos bíblicos os homens não diziam que os pensamentos vinham da mente, mas sim do coração. E para eles, era dos rins que vinham os sentimentos mais profundos e íntimos do homem, pois são órgãos de difícil acesso para apalpar no corpo humano, e também eles percebiam que os rins tinham uma localização profunda e escondida no corpo dos animais que eles costumavam abater. Portanto, quando a Bíblia diz que Deus sonda os rins e os corações ela quer dizer que Deus tem acesso aos sentimentos mais íntimos e profundos do homem e a todos os seus pensamentos.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O grave pecado do sexo no período menstrual

Fazer sexo durante o período menstrual é um pecado grave. Deus instituiu uma lei proibindo essa prática, veja:
"Não se aproxime de uma mulher para se envolver sexualmente com ela quando ela estiver na impureza da sua menstruação" 
(Levítico 18:19; Nova Versão Internacional).
Deus chegou até a determinar a pena de morte para os casais que fizessem sexo durante a menstruação, veja:
"Se um homem dormir com uma mulher durante a menstruação, e tiver relações sexuais, descobrindo a fonte do sangue, os dois serão eliminados do seu povo"
(Levítico 20:18; Edição Pastoral).
Embora a pena de morte por esse pecado não seja mais aplicada da forma como era aplicada nos tempos bíblicos, Deus ainda pode aplicá-la hoje em dia por meio de doenças ou outras tragédias. Portanto, nós devemos tomar muito cuidado para não cometermos esse pecado grave.

Mesmo assim, muitos casais cristãos não veem problema algum em ter relações sexuais durante o período menstrual, inclusive vários médicos a…

Os mandamentos que devemos cumprir segundo a Bíblia

Ame a Deus com todo o seu coração, e com toda a sua alma, e com todo o seu entendimento, e com todas as suas forças (Deuteronômio 6:5; Marcos 12:28-30).Não tenha outros deuses (Êxodo 20:3; 1 João 5:21).Não faça para você alguma imagem esculpida que represente um deus. Não se prostre diante dessas imagens e nem diante do Sol, da Lua e das estrelas, e não os sirva (Êxodo 20:4-5; Deuteronômio 4:19; 1 João 5:21).Não use o nome de Deus em vão, isto é, não use o nome de Deus para fazer um falso juramento ou para mentir, pois Deus não considerará inocente aquele que usar seu nome em vão. É importante notar que o nome de Deus não é "Deus", mas sim Javé. No entanto, mesmo que você faça um falso juramento sem usar especificamente o nome de Javé, dizendo, por exemplo, "Juro por Deus que vou fazer isso" ou "Juro por Deus que isso aconteceu", e você estiver mentindo, você ainda assim seria culpado, pois você estaria se referindo a Javé. De qualquer forma, Jesus nos ac…

Deus castiga sim

Muitas pessoas acham que Deus não castiga ninguém porque ele é amor, e que tudo de ruim que acontece com as pessoas são consequências lógicas de suas más ações.
Elas explicam que muitas pessoas adquirem câncer porque fumam muito, outras adquirem várias doenças porque se alimentam mal, outras sofrem acidentes porque se arriscam desnecessariamente, ou seja, não é Deus que está castigando essas pessoas, mas elas mesmas cometem maus atos que causam essas coisas ruins a elas.
No entanto, o que essas pessoas não consideram é que o fato de Deus permitir que as pessoas sofram as consequências de suas más ações já pode ser considerado um castigo dele, pois ele poderia livrá-las dessas consequências.
Além disso, muitas coisas ruins que acontecem com as pessoas não são consequências lógicas de suas más ações. Por exemplo: uma pessoa está andando na calçada cuidadosamente quando de repente um carro desgovernado a atropela; uma pessoa está dirigindo atentamente um carro quando de repente uma árvo…